Crescer, dói!

Sabe, quando crianças somos todos caixinhas vazias, à espera de se tornar alguma coisa. Por isso essa pergunta: O que você quer ser quando crescer? Devíamos saber responder: Serei tudo aquilo que as pessoas que passarem por mim deixarem. Serei o que depositarem em mim. Serei a soma das experiências e histórias das pessoas que…

As cores da indiferença

Que coisa é essa? Uma hora eu escrevo, outra hora eu me calo e não consigo expressar sequer uma palavra para uma legenda. “Usa um emoji”, as amigas falam. Sei lá, acho que nenhuma carinha seria capaz de decifrar isso que estou sentindo. Até porque nem eu sei o que é. Sei que amor não…

E o amor?

E o amor? Você me pergunta. O amor, ah, sei lá. O amor nem dá para definir direito. Acho que é um desejo de abraçar forte o outro, com tudo que ele traz: sonhos, projetos, defeitos, manias, cheiros e gostos. Acho que amor é não saber direito o que ele é. Mas, sentir tudo o…

Amar com coragem…

Vou olhar o caminho… Aquele que tiver mais corações eu vou seguir! e, se um dia perguntarem o que eu fiz de mais sensacional na vida,  vou responder que, AMEI com coragem todas as pessoas que passaram por ela. Porquê, pra mim, tem gente que tem cheiro de passarinho quando canta. De sol quando acorda. De…

A vida em um rascunho…

A vida é, ou não é, uma história escrita por nós? Então, se ela for, podemos olhar para trás e ver o que deixamos de escrever? Podemos olhar para trás e ver que escrevemos algumas coisas erradas? Eu, como autora da minha história, posso olhar para as páginas anteriores e arrepender-me de algumas ou até mesmo de…

Saudades do que ainda não vivi…

Por quantas estações será preciso eu passar para encontrar aquele que realmente será o meu lugar, que me fará ficar pra sempre?Na vida vamos viajando, parando, vivendo em constantes idas e vindas, chegadas e partidas, pessoas e lugares que vêm e vão. Pela janela vamos avistando as paisagem que talvez nos queira fazer parar. Paramos…

Cartas pra Ele… Meu Amor!

Podem achar bobo, morrerem de rir, eu mesma estou com a barriga doendo depois das gargalhadas que dei ao encontrar estas cartas. Eu amo escrever, desde pequenininha, o único jeito que encontro para organizar os turbilhões de sentimentos que se embaralham dentro de mim é escrevendo. E, hoje, encontrei umas destas cartinhas que espalhei por…

Como é ser você?

Têm certos dias que eu preciso ficar quietinha, parar com tudo e ouvir apenas o meu coração, ou minha razão. Sei lá, tá vendo.Que confusão!! Nem eu sei que voz é essa, que hora me manda ter os pés no chão e, olhar para o futuro, outra hora, manda-me ir viver tudo lá fora, jogar-me…

Ah, o amor…

Mais uma vez os pensamentos me cegam e eu preciso escrever✏️💭. Escrever e falar, falar e falar – quase sempre de amor. Por isso, lhes pergunto: Quem se lembra daqueles amigos da escola, daqueles amiguinhos do bairro? Quem se lembra dos primeiros professores, e dos primeiros e loucos amores, então?! Quem se lembra do primeiro…

Parece que foi ontem…

Parece que foi ontem, a primeira vez que vi esta cidade. Eu tinha uns cinco anos de idade e estava assistindo TV. Em uma parte de alguma novela passou aqueles pratos gigantes. Gritei para o meu pai: “Que legal, onde fica isso, pai?”. Ele então respondeu: “Na capital do nosso país, filha”. Ah, como achei…

Qual será o nosso dia mais feliz?

Hoje, parei para pensar, com muita saudade de tudo e de todos que eu amo. Ah, que bom seria se Fernandópolis fosse do lado de Brasília, rs. Mas, enfim, pergunto-me há dias – Qual será o dia mais feliz da nossa vida? Até hoje eu imaginava que o meu estaria por vir, pensava que seria,…

Não, não é nada fácil ser eu…

Nunca fui uma pessoa com grande sabedoria sobre o que se fazer da vida. Sempre fui cheia de dúvidas: sorvete de chocolate ou de doce de leite? Vestido ou saia? Cabelo curto ou longo? Cachorro ou gato? É, não é nada fácil ser eu, hahaha. Tenho uma queda, também, em ser “abobalhada”. Ouvir isso já…